A Empresa

LRI Automação Industrial Brasil iniciou suas atividades em 1992 quando, da visão de mercado de seu sócio fundador, se deu início, ao que é hoje, uma das mais  bem fundamentadas empresas na área de Automação Industrial no Brasil.

O principal objetivo da LR Informática Industrial é fornecer ao mercado soluções tecnológicas e altamente confiáveis, aliando custo acessível com as mais atuais inovações nas áreas em que atua – Sistemas de Aquisição de Dados, Sistemas de Comunicação de Dados, Computadores e Estações de Trabalho Industriais e Sistemas de Alimentação Industrial – dispondo, nestas áreas, de uma completa gama de produtos com a mais alta tecnologia.

A carteira de clientes da LR Informática Industrial é composta hoje por empresas que valorizam a tecnologia focando o futuro. Mais da metade das organizações citadas no “Ranking das 100 Maiores Empresas Privadas e Estatais do Brasil” faz parte desta carteira.

Com foco na total satisfação de todos seus clientes, a LR Informática Industrial possui um estoque altamente atualizado, proporcionando entrega imediata em território nacional e com grande agilidade em outros países, além de suporte técnico total de excelência.

 

 

Palavra do Diretor

Engenheiro Eletricista de formação pela UFRGS. Formado aos 21 anos, logo, no meu primeiro emprego já entendi o que eu não gostava. Neste época, então, dei continuidade aos estudos universitários e ingressei no Pós-Graduação de Ciências da Computação, muito mais interessado na carreira de especialista e nas oportunidades que esse conhecimento me daria, do que na vida acadêmica. Sentimentos que só entendemos com o passar do tempo. Logo, me interessei por programação de alto nível da época (C, C++, Algol, Pascal, Cobol e Banco de Dados) aliada ao hardware X86.

Desenvolvi, como tese de Mestrado, um Sistema Tolerantes à Falhas. Em 1992, não existia redundância de discos para computadores. Já que, os computadores começaram a assumir papéis tão importantes no controle de processos dentro do chão de fábrica com os primeiros supervisórios, por que não poderiam ter mais segurança?

O primeiro sistema de redundância de falhas de disco foi o DMS (“Disk Mirroring System”), originado da modificação de uma parte do sistema operacional mais comum da época (DOS) e então, comprado pela Tintas Renner (Planta de Gravataí e Guarulhos) bem como pela Landys Gyr da Suíça. 

A partir dessa venda, em 1993, surgiu o Plano de Negócios da LRI. Iniciava-se o melhor dos meus projetos, o mais desafiador, e o dinâmico, que me levaria pelo mundo, em busca de novas tecnologias, novos produtos e novos desafios. Era um sonho de infância tomando forma, viajar pelo mundo, e ao mesmo tempo revelando o meu lado mais criativo, investigativo e técnico.

Começamos pequenos (eu e um estagiário) e logo, formamos parcerias com empresas Americanas e Taiwanesas (ComputerBoards – atual Measurement Computing, da National Instruments, Axiom – atual Axiomtek, Moxa, Adlink, ICP DAS, etc..). Ficamos então mais concentrados em dar treinamento aos novos profissionais que tinham interesse em utilizar estes “nossos” produtos, do que desenvolvermos software dedicado aos nossos clientes. A partir desta época, nasce nosso atual "core business", que é, a distribuição em escala de produtos de Automação para a industria com forte consultoria de pré e pós-vendas, e mais de 50 empresas que compõe nosso portfolio. 

Por termos nascidos técnicos, temos esta excelência em pré-vendas, pós-vendas e RMA.  Nossa obrigação é prezarmos pela transparência, honestidade e ética. Mantemos um preço justo, atendendo nossos  clientes de uma maneira diferenciada, além de parcerias de longa duração com colaboradores, clientes e fornecedores. Nossos índices de aprovação se aproximam dos 99%, comprovando que a longa jornada tem uma razão de ser.

Obrigado,

Leandro Roisenberg

CEO